Deambulações

Dizia ela
que os dias
eram sempre iguais,
e as noites
povoadas de sonhos
já sonhados.

Dizia ela que queria mudar…

Saiu, então,
para Ocidente,
à luz do dia.
Em frente marchou,
sem parar.

Regressou
do Oriente
na noite
anterior,
fulgurante,
deslumbrada
com a dimensão
do Universo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.